Você sabia que os gastos com colaboradores podem atingir até 70% das despesas de um condomínio? Os motivos que levam a esse percentual são inúmeros: incluem portaria/recepção, funcionários da limpeza, zeladores e outros. No entanto, é possível reduzir os gastos.

O primeiro passo é considerar a terceirização da mão de obra, com a contratação de uma empresa de gestão de facilities, por exemplo. Assim, a responsabilidade é transferida à uma empresa especializada , que se encarregará do pagamento de salários, da realocação de colaboradores, do processo seletivo, do controle de faltas, etc.

Os condomínios têm buscado reduzir custos em diversos segmentos, tendo a segurança como o principal. Equipamentos eficientes com menores custos, eliminação de postos de serviços e até mesmo a busca por sistemas que operam os acessos à distância, as chamadas portarias virtuais ou remotas, são exemplos de soluções viáveis.

Com o uso de ferramentas adequadas, é possível oferecer mais segurança aos moradores e ao mesmo tempo reduzir as despesas operacionais do prédio. Isso sem falar na diminuição da taxa condominial, que é um dos assuntos mais debatidos durante as assembléias.

A portaria remota surge como uma excelente opção para as administradoras que desejam modernizar sua prestação de serviços e se destacar no mercado. O sistema de controle de acesso garante o aumento da vigilância dos moradores e das áreas comuns do prédio, proporciona a automatização da rotina do condomínio e pode contribuir para uma redução de até 50% nos custos de um condomínio.

 

Como a portaria remota contribui para a otimização de custos em condomínio?

Como já comentamos, os gastos com pessoal consomem a maior parte da receita mensal de um condomínio. Pensar em soluções que reduzam essa dependência é um desafio constante para as administradoras de condomínio.

Considerada uma tendência cada vez mais forte em questões de segurança, a portaria remota também vem sendo vista como uma ótima alternativa para a otimização de custos em condomínio. Isso se deve ao fato de que esta tecnologia permite o controle e monitoramento de acesso ao condomínio à distância, reduzindo os gastos com a folha de pagamento. Algumas estimativas indicam que a terceirização dos serviços de portaria pode gerar uma economia de até 50% nessas despesas.

Ao substituir o modelo de portaria tradicional por uma solução automatizada, o condomínio elimina os investimentos relativos à contratação de funcionários e encargos ou problemas jurídicos relacionados a questões trabalhistas que podem envolver a contratação direta de profissionais.

 

Tecnologia identifica manutenção preventiva e gera mais economia para condomínio.

Além dos gastos com o quadro de funcionários, a maior eficiência no gerenciamento de recursos pode ser percebida em outros aspectos que envolvem a rotina de um condomínio. Quando se trata de manutenção não programada, por exemplo, um incidente inesperado acaba gerando um custo alto para o condomínio.

Com apoio de tecnologias como a portaria remota SIS do Brasil, o administrador tem acesso a informações que o ajudam a se antecipar frente a problemas e tomar decisões com muito mais agilidade, sem necessariamente gerar um custo extra ao condomínio.

Isso é importante não apenas por conta da segurança, mas também porque oferece os subsídios necessários para que ações de contingências sejam aplicadas, se necessário. Por exemplo, ao analisar a quantidade de vezes que o portão eletrônico abriu, é possível avaliar se é necessário realizar a manutenção preventiva dele para evitar problemas futuros.

Ao modernizar a gestão condominial investindo em uma solução de segurança remota, o síndico ou a administradora pode dedicar mais tempo para atender as rotinas administrativas e as demandas prioritárias para o bom funcionamento do condomínio. Em vez de ocupar boa parte do dia na resolução de conflitos relacionados à portaria, os gestores conseguem focar em ações de melhoria e até mesmo pensar em soluções criativas que podem gerar ainda mais economia para o prédio.

Benefícios como esses são responsáveis por fazer com que cada vez mais administradoras utilizem a tecnologia como forma de aprimorar a gestão do condomínio.

A SIS do Brasil é especializada nesse tipo de tecnologia. Conheça os diferenciais que a nossas soluções oferecem para administradoras e síndicos.